O Satanaz odeia estupradores!

Para quem está na luta feminista há muito tempo, os resultados da pesquisa do IPEA estão longe de serem uma novidade. Quando a pesquisa foi divulgada nessa última semana a primeira coisa que pensei foi “eu já sabia!”. Contudo, gostei quando vi grande parte de meus amigos e amigas – sem nenhuma intimidade com o feminismo – chocados com a conclusão da pesquisa e aderindo à campanha #NãoMereçoSerEstuprada. A tomada de consciência é o primeiro passo para a emancipação, e é bom que mais mulheres estejam cientes da forma como são vistas e tratadas pela sociedade.

Entretanto, muitas pessoas não gostaram do resultado e chegaram a questionar a pesquisa. Nada contra, a pesquisada está sendo divulgada para isso mesmo. Mas vejo uma dificuldade em conceber que 65% da população acredita que uma mulher mereça ser estuprada pela roupa que usa. Ora, não é isso que vemos o tempo inteiro? Abra qualquer notícia de estupro em um grande portal de notícias e chore lendo os comentários.

Inúmeros argumentos servem para jogar a responsabilidade da violência no colo das mulheres: o tamanho de suas roupas, a hora em que estavam andando na rua, se estavam sozinhas ou não, se beberam demais. Alguém aí lembra do que ocorreu com as garotas estupradas pelos membros da banda New Hit e os protestos em apoio aos estupradores?

Também vi muita gente incluindo na discussão a necessidade de se tomar certos cuidados para não sofrer violência sexual: se vestir de forma mais recatada, não andar na rua sozinha, não beber demais. Queridos, daqui a pouco estaremos que nem o governo da Arábia Saudita, culpando o uso de rímel pelo aumento dos estupros.

Não vou me alongar muito. O Satanaz é feminista e condena às chamas do inferno todos os estupradores, espancadores e stalkers de mulheres.

Imagem

Anúncios